Fanzine digital do Crânio é disponibilizado para download!

Graças ao advento da internet, do desenvolvimento dos artistas envolvidos com a criação de quadrinhos e sobretudo a informação trazendo luz a um publico que antigamente pecava por um preconceito infundado aos quadrinhos brasileiros sobretudo em gêneros "dominados" pelos americanos.

Mas o talento dos artistas superou as barreiras e hoje a HQ brasileira vai de vento em popa. Um destes casos mais simbólicos é do roteirista Francinildo Sena e sua maior criação, o anti-herói conhecido como Crânio, em aventuras cheias de ação, diversão e aventura.


O melhor de tudo é que Francinildo disponibilizou digitalmente as edições do número 1 ao 29 do Fanzine do Crânio! Com isso o publico fã dos bons quadrinhos vai ter acesso a este belo trabalho exemplo dos quadrinhos bem escritos e que não desrespeitam a inteligência do leitor!

Download AQUI!

Origem do personagem:

HARAN era um Príncipe do planeta Stron juntamente com o seu irmão KROK. Eles eram gêmeos, mas, totalmente opostos. KROK era um admirador declarado dos jogos violentos, enquanto HARAN era um pacifista nato que acabou pagando caro por isso. Na adolescência KROK tramou premeditadamente a morte do Pai o Imperador e convenceu o Conselho de Justiça que HARAN teria sido o assassino e assumiu o poder.
Prendendo HARAN, KROK mandou fazer uma lavagem cerebral no irmão e o baniu. HARAN foi lançado no espaço em uma cápsula e vagou pelo universo por incontáveis ciclos até que a cápsula desgovernada caiu na terra. Mais precisamente na floresta Amazônica, no Brasil.
Descoberto pelas forças armadas do Governo Brasileiro, ele passou a ser caçado como um animal, e após algum tempo passou a ser rotulado pela imprensa como CRÂNIO.
Devido à sempre escapar das investidas contra ele.
Curiosamente o CRÂNIO nunca deixou o território Brasileiro.

por Ed Oliver

Um comentário: